EnglishFrenchPortugueseSpanish

Conferência no Departamento de História

À luz da implementação do Tratado de Lisboa, da declaração da Cimeira da NATO de 2014 em Gales, nomeadamente no que respeita ao reforço do Plano de Ação de Prontidão da NATO e ao estabelecimento de uma Força Combinada de Muito Alta Prontidão, como parte da “European Reassurance Initiative”, em resposta aos novos desafios da Rússia, e tendo em consideração os significativos desenvolvimentos na Ucrânia, Norte de África e Médio Oriente, com impacto na segurança humana e no ambiente estratégico de segurança internacional, o Departamento de História e de Estudos Políticos e Internacionais (DHEPI), da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP), e o Centro de Estudos EuroDefense-Portugal, realizam uma Conferência seguida de debate subordinado ao tema:

O novo quadro da Segurança e Defesa Europeia
e o papel da Cooperação: desafios e opções para Portugal

Os cidadãos portugueses, sobretudo os jovens, têm participado muito pouco na conceção e construção do processo de integração da UE, que tem sido feito demasiado à margem dos europeus. Acresce que as questões de segurança e defesa coletiva não são assunto com suficiente debate, conferindo-lhes os portugueses e os europeus, de uma forma geral, baixa prioridade. Contudo, as novas ameaças e desafios, trazidos à colação, nomeadamente pelo ressurgimento e ascensão do poder político e militar da Rússia, do autointitulado Estado Islâmico e da atual tragédia humanitária da migração em massa para a Europa, vieram introduzir uma nova dinâmica na problemática da segurança Europeia, ao colocar os cidadãos no centro do projeto europeu, dando-lhes o direito de, em determinadas circunstâncias, solicitarem à Comissão Europeia que proponha uma iniciativa legislativa para consecução das suas aspirações.

Neste contexto, a segurança e defesa Europeia e da cooperação multilateral tomam uma acuidade ainda maior com a atual crise financeira e o seu previsível impacto na redução das capacidades tecnológicas e militares da UE, correndo-se o sério risco de a Europa se tornar irrelevante em termos de segurança dos seus próprios cidadãos e defesa dos seus interesses estratégicos e também como garante de paz e prosperidade.

Sob a coordenação científica da Professora Doutora Inês Amorim, Presidente da Comissão Executiva do DHEPI, esta Conferência tem como propósito congregar a participação de jovens universitários na reflexão e debate dos temas/subtemas conforme Programa que pode ser consultado em:
http://desafiosparaportug.wix.com/conferencia#!programa/c1enr

Na sessão de abertura usarão da palavra o Professor Doutor Sebastião Feyo de Azevedo, Magnífico Reitor da Universidade do Porto, a Professora Doutora Fernanda Ribeiro, Diretora da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, o Dr. António Figueiredo Lopes, Presidente da Direção do Centro de Estudos EuroDefense-Portugal, a Professora Doutora Inês Amorim, Presidente do Departamento de História e de Estudos Políticos e Internacionais e Inês Consonni, Presidente do Núcleo de Estudantes de Relações Internacionais da Universidade do Porto.

No final da Conferência, segundo critério definido pela coordenadora científica, serão distribuídos Certificados de Participação e de Colaboração.

Para Inscrição e mais informação sobre a Conferência consulte:
http://desafiosparaportug.wix.com/conferencia

Partilhar conteúdo:
LinkedIn
Share

Formulário Contato

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin