EnglishFrenchPortugueseSpanish

Estágio Académico EuroDefense-Portugal | Primavera 2022

1. A EuroDefense-Portugal

O Centro de Estudos EuroDefense-Portugal tem por missão principal promover o estudo, a reflexão e o debate sobre as questões europeias, nomeadamente as da sua segurança.

A sua atividade funcional envolve a condução de diversas atividades, de que se evidenciam as seguintes:

  • Acompanhar a evolução das questões relativas à segurança internacional e europeia e respetiva incidência nacional;
  • Facilitar as ligações entre as políticas europeias de segurança e defesa e as indústrias, institutos e centros tecnológicos nacionais, incluindo o apoio às atividades das associações empresariais neste setor;
  • Contribuir para o desenvolvimento de uma cultura de segurança e defesa;
  • Organizar estágios, seminários, mesas redondas, encontros, debates e conferências sobre questões atuais e pertinentes;
  • Servir de fórum e ponto de encontro, nomeadamente com associações de jovens e instituições universitárias;
  • Apresentar estudos e informações junto das instituições públicas.

2. Finalidade dos Estágios Académicos

A realização de Estágios Académicos constitui uma das atividades nucleares da Eurodefense-Portugal. Os Estágios têm as seguintes finalidades:

  • Contribuir para a formação académica e prática dos Estagiários mediante a realização de debates informados sobre as questões de Segurança;
  • Desenvolver a capacidade de análise dos Estagiários, criando condições para que possam publicar os seus trabalhos, em coordenação com o corpo redatorial da ED, através do Portal EuroDefense Portugal (https://eurodefense.pt/).
  • Valorizar os Estagiários no Mercado de Trabalho, pela aquisição de conhecimentos práticos sobre os projetos europeus e respetivo financiamento pela UE;
  • Visitar entidades nacionais de relevante interesse estratégico, tecnológico ou operacional.
  • Oferecer a experiência de realização de tarefas reais num organismo como a EuroDefense Portugal;

3. Programa do Estágio

3.1. Duração

O Estágio Primavera 2022, não será pago e terá uma duração de 3 meses (12 semanas) com:

  • Início a 14 de Janeiro de 2022
  • Final a 08 de Abril de 2022

Dadas as condições sanitárias, a parte concetual poderá ser conduzida por Zoom para os Estagiários de fora de Lisboa, ou para todos, se as condições sanitárias o exigirem.

O Estágio implica a disponibilização, na sede da Eurodefense, de uma tarde ou uma manhã por semana, podendo ser de trabalho no domicílio, conforme as circunstâncias sanitárias. Os estagiários de fora da área de Lisboa farão trabalho em domicílio.

Incluído nesse período de tempo está uma Tutoria semanal às sextas-feiras e respetivo debate, com uma duração total máxima de duas horas. Envolve igualmente a reflexão escrita de alguns dos temas debatidos e sua publicação. A publicação dos escritos terá uma compensação monetária simbólica.

A parte prática e presencial para os Estagiários de Lisboa será realizada nas instalações da EuroDefense (Palácio Bensaúde, Estr. da Luz 151, Lisboa).

3.2. Conteúdo Concetual

O Estágio da Primavera 2022 é dedicado à análise holística dos desafios à segurança europeia, abrangendo 4 áreas temáticas principais: o contexto geoestratégico; as questões energéticas; as ameaças híbridas; e a economia de defesa.

3.2.1. Análise Geoestratégica

Sem dúvida que o contexto internacional apresenta desafios complexos à segurança da Europa. Iremos, pois, refletir sobre o quadro geoestratégico atual e sua incidência na segurança europeia, após o que abordaremos a concetualização estratégica que a EU desenvolve para lhes fazer face. A última sessão desta fase será dedicada à avaliação das carências europeias e dos mecanismos instaurados para as corrigir.

3.2.2. As questões Energéticas

Os desafios globais impostos pelas Alterações Climáticas que confrontam a sociedade do presente e do futuro, e a necessária transição energética que surge associada, refletem-se imperativamente em todos os programas estratégicos, políticos, científicos e mesmo de segurança e defesa. Muito em especial desde o início do século XXI, e em particular no espaço europeu. A geopolítica energética encontra aqui um espaço renovado de análise.

3.2.3. As ameaças Híbridas

As Ameaças Híbridas são um elemento caraterizador do atual ambiente estratégico, propício a ações insidiosas, assimétricas e de atrito, que se situam abaixo do patamar da conflitualidade aberta. Consubstanciam relações entre os Estados que, não obstante estejam acima do nível da competição, contudo, permanecem aquém do de conflito. Materializam-se através do emprego conjugado de meios e capacidades num quadro de ambiguidade, com vista a dificultar ou impedir o acionamento dos mecanismos de defesa coletiva ou de defesa convencional.

3.2.4. A Economia da Defesa

Num mundo de crises recorrentes e de desencontros geoestratégicos, a capacidade de gerir e assegurar a produção de equipamentos, sobressalentes e consumíveis militares, incluindo neste esforço o poder económico e produtivo de uma nação ou grupo de nações, corresponde a uma vantagem competitiva à qual poucos se dão ao luxo de virar costas. Este é o racional da economia da defesa dos tempos modernos, uma estratégia mais que um recurso, um processo mais que uma oferta. É neste contexto que a iremos abordar.

3.3. Visitas Previstas

Em definição

4. Certidão

Aos Estagiários que completarem o Estágio com êxito será efetuado o Relatório adequado para a respetiva Universidade e atribuída a Declaração de Realização do Estágio.


Critério de elegibilidade:

  • Estudante universitário finalista ou superior (pós-graduação, mestrado ou doutoramento);

Candidatura:

  • Apresentação do currículo;
  • Apresentação de carta de motivação (máximo 500 palavras);
  • Prazo de candidatura até ao dia 31 de dezembro de 2021.

IMPORTANTE: envio dos respetivos documentos para o endereço eurodefense@defesa.pt, com o assunto: “Estágio ED-PT: (primeiro e último nome do candidato)”.

Critério de seleção dos candidatos:

  • Cumprimento do critério de elegibilidade;
  • Consideração do currículo e carta de motivação pelo seguinte júri: Tenente-General António Fontes Ramos (Coordenador dos Estágio ED-PT), Dr. Miguel Gomes (Presidente da EuroDefense Jovem-Portugal) e Dra. Rita Monte (Coordenadora dos Estágio pela EuroDefense Jovem-Portugal).

Partilhar conteúdo:
LinkedIn
Share

Formulário Contato

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin