EnglishFrenchPortugueseSpanish

Mesa Redonda:“A União Europeia e o Conflito do Líbano”

Realizou-se no Instituto da Defesa Nacional, no passado dia 25 de Janeiro de 2007, uma Mesa Redonda, organizada em parceria entre o IDN e o EuroDefense-Portugal, tendo como participantes as seguintes personalidades: TGen Abel Cabral Couto, TGen António Fontes Ramos, Emb. Carlos Frota, Dr. Carlos Gaspar, Dr. Henrique Castanheira, Prof. Doutora Isabel Nunes, Gen José Alberto Loureiro dos Santos, Dr.ª Manuela Franco e TCor Rui Ferreira.

Esta Mesa Redonda visava a análise, reflexão e debate sobre o desempenho político e militar da UE no conflito do Líbano, tendo em vista colher ensinamentos e identificar propostas exequíveis para a União e para Portugal no âmbito do quadro político e estrutural em que se desenvolve a PESD.

Para concentrar as intervenções e o debate sobre os aspectos essenciais do tema, o Programa da Mesa Redonda focava, em particular, as seguintes questões:

  • A UE como actor regional no conflito do Líbano;
  • As operações militares como instrumento de consolidação da PESC;
  • A participação de Forças Armadas Portuguesas.

De uma forma geral, as intervenções dos diversos participantes e o debate que teve lugar apontaram no sentido de que a UE, embora sem a visibilidade suficiente para corresponder em pleno ao perfil de um actor regional, o seu comportamento persistente para conseguir consensos e promover o “núcleo duro (europeu)” para a UNIFIL foi determinante para viabilizar novamente a ONU como actor para a paz. Por sua vez, a contribuição de Portugal neste contexto foi considerada adequada às suas responsabilidades e capacidades.

Foi elaborado um documento síntese das intervenções dos diversos participantes, editado em Abril de 2007 como n.º 12 da Colecção Sínteses EuroDefense.

Partilhar conteúdo:
LinkedIn
Share

Formulário Contato

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin