EnglishFrenchPortugueseSpanish

Ministro da Defesa recebe homólogos do Sul da Europa, no Porto, e saúda presença de Donald Trump na Cimeira da NATO, em Maio

O ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes,  reúne o chamado «Quarteto do Sul», recebendo, hoje, no Porto, os seus homólogos de França, Espanha e Itália.

Antes, no início da manhã, Azeredo Lopes afirmou considerar ser uma boa notícia o anúncio a presença do Presidente norte-americano na cimeira da NATO, em Maio.

«É um bom sinal e corresponde um pouco àquilo que tenho vindo a dizer de que é preciso algum cuidado na interpretação nos sinais dados pela actual administração norte-americana«, começa por dizer o ministro da DefesaNacional, esta segunda-feira de manhã, em entrevista à Rádio Renascença.

A Casa Branca anunciou, na madrugada desta segunda-feira, que Donald Trump vai participar no encontro de líderes da Aliança Atlântica em Bruxelas e que decisão foi tomada depois de um telefonema com o secretário-geral da Aliança Atlântica, Jens Stoltenberg.

us-nato

Azeredo Lopes lembra que, depois de Donald Trump ter considerado a NATO obsoleta, «logo a seguir o secretário da Defesa veio afirmar o compromisso pleno e a 100% dos Estados Unidos» com a organização.

«A simples presença do Presidente norte-americano reforça o compromisso de um Estado – não de um Presidente – com uma organização que faz parte do nosso código genético do ponto de vista da defesa», sustentou o ministro da Defesa Nacional de Portugal.

O  ministro Azeredo Lopes, que esta segunda-feira recebe os seus homólogos de Espanha, França e Itália (“Quarteto do Sul”), no Porto, considera que a Europa tem de conquistar mais autonomia.

«Hoje em dia, uma das questões principais que está na agenda europeia é a de uma capacitação que tem de ser feita ao nível da defesa e da segurança. Tem-se vindo a falar de conquistarmos uma autonomia estratégica. Eu entendo essa autonomia estratégica, essa forma de pensar, essa forma de agir concretamente para a defesa europeia como algo que pode e deve reforçar a NATO», afirmou o ministro da Defesa Nacional.

O futuro da NATO e as relações com os Estados Unidos são os temas-chave da reunião desta segunda-feira no Porto, no Palácio da Bolsa.

Eduardo Mascarenha
Vogal da Direção

Partilhar conteúdo:
LinkedIn
Share

Formulário Contato

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin