EnglishFrenchPortugueseSpanish

Newsletter – Edição de janeiro de 2021

Editorial do Presidente

No início da terceira década do sec. XXI, continua a humanidade a confrontar-se com uma séria ameaça à segurança que, em menos de um ano, já causou a perda de mais de dois milhões de vidas em todo o mundo. No nosso País estamos, infelizmente, a assistir impotentes ao crescimento assustador do número de mortos e infetados pelo vírus nas suas múltiplas variantes.

2021 não se apresenta ainda como o ano do virar de página, depois do horrível 2020 ficar marcado na história da humanidade como “um ano de provações, tragédias e lágrimas”, nas palavras do Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres. Mas temos de manter a esperança de que possa vir a ser o ano do inicio da cura, um ano melhor, com mais saúde e tranquilidade, graças ao inexcedível esforço da comunidade científica ao criar, em tão curto prazo, uma vacina que já estará a salvar muitas vidas.

A situação de pandemia afeta-nos a todos, pessoas e organizações, colocando-nos perante novas exigências e desafios que implicam um esforço de adaptação permanente às profundas alterações do nosso modo de vida, de trabalho e de relações sociais. A resiliência que, assim, nos é exigida passou a ser quase um novo estado de vida para que temos de estar preparados.

Nestas circunstâncias, também o Centro de Estudos EuroDefense-Portugal está a ser resiliente, experimentando formas diferentes para cumprir a sua missão fundamental, que é a de promover oestudo, a reflexão e o debate sobre a política europeia de segurança e defesa.

Como ator relevante no quadro da segurança e defesa nacional, continuará a desenvolver sinergias e cooperações frutuosas com outros parceiros institucionais nos domínios da segurança e defesa, ampliando o âmbito de intervenção na sociedade civil.

Nesta primeira newsletter de 2021, redigida a pensar prioritariamente nos associados e membros do EuroDefense, encontramos informações sobre as principais atividades que temos continuado a prosseguir e sobre as que nos propomos realizar no corrente ano, com destaque especial para os trabalhos do GRED 4 já apresentados e do GRED 2 anunciados para os próximos dias (webinares EuroDefense), as tertúlias EuroDefense Jovem, a organização dos estágios com uma participação acrescida de estudantes nacionais e estrangeiros, a presidência portuguesa da rede europeia de Associações EURODEFENSE e a organização em Lisboa, se a pandemia o permitir, da RIE (Reunião Internacional EuroDefense) e do Conselho de Presidentes e ainda as Jornadas sobre a Economia de Defesa adiadas para o Outono. No próximo Conselho Geral virtual, que contamos convocar durante o mês de fevereiro, teremos oportunidade de desenvolver todos estes assuntos com a apresentação do Plano de Atividades 2021.

Igualmente relevante é a recente reparação e pintura das salas do rés do chão das nossas instalações onde teremos melhores condições para acolher os jovens estagiários e os membros do EuroDefense, quando o confinamento terminar. Estamos muito gratos ao IDN por esta importante melhoria.

É nosso compromisso não parar, ser resilientes perante as adversidades e prosseguir o trabalho do nosso Centro de Estudos com a dedicada colaboração e empenhamento de todos, na convicção de que, como entidade da sociedade civil, estamos a contribuir para a promoção da cultura de segurança no nosso País e a pugnar por uma defesa europeia mais forte no conturbado mundo em que vivemos.


31 de janeiro de 2021

António Figueiredo Lopes
Presidente da Direção

Newsletter EuroDefense-Portugal – Edição de janeiro de 2021

Partilhar conteúdo:
LinkedIn
Share

Formulário Contato

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin