EnglishFrenchPortugueseSpanish

“O impacto da crise financeira na Defesa da UE”

Seminário – “O impacto da crise financeira na Defesa da UE. Novas iniciativas cooperativas – Pooling & Sharing: desafios e oportunidades para Portugal”

Como divulgado no nosso “sítio”, realizou-se no auditório 1 do IDN, no dia 23 de Novembro, o Seminário “O impacto da crise financeira europeia na Defesa da UE. Novas iniciativas cooperativas – pooling & sharing: desafios e opções para Portugal”.

Este Seminário foi co-organizado pelo EuroDefense-Portugal, IDN, MDN/DGPDN, Fundação AIP e EMPORDEF, com o objectivo de clarificar e compreender os conceitos de “pooling & sharing” smart defence”, promover um amplo debate sobre as implicações da crise financeira na segurança da Europa e propor soluções e caminhos concretos que permitam o relançamento de uma real cooperação europeia na sua vertente de capacidades de defesa, através da optimização de sinergias civis e militares e do fortalecimento da base tecnológica e industrial nacional).

250_sem_ProtAmbSeg_0039

As Sessões de Abertura e Encerramento foram presididas, respectivamente, pelo General Luís Evangelista Araújo, Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas e por Sua Excelência o Ministro da Defesa Nacional, Dr. José Pedro Aguiar Branco.

Das interessantes comunicações e sequente frutuoso debate, poderá extrair-se a conclusão principal de que num quadro de grande contenção orçamental, o reforço da cooperação de defesa, através de modelos inovadores de “pooling & sharing” smart defence”, constitui o único caminho para “fazer mais com menos” e melhorar as capacidades de defesa da Europa, evitando-se assim que uma crise financeira se transforme numa crise de segurança europeia. Neste contexto, sem descurar as potencialidades da cooperação sub-regional com o nosso vizinho espanhol, Portugal tem de actuar já, mas sobretudo e antes de mais é preciso proceder à identificação dos objectivos políticos prioritários e à definição de uma estratégia nacional integrada para a consecução desses objectivos. O Ministério da Defesa Nacional tem aqui um papel central na definição destes objectivos estratégicos.

Para mais informação sobre o Seminário junta-se a Nota de Enquadramento e as Conclusões.

Partilhar conteúdo:
LinkedIn
Share

Formulário Contato

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin