EnglishFrenchPortugueseSpanish

“Protecção do Ambiente e Segurança”

Seminário – “Protecção do Ambiente e Segurança – o caso paradigmático das Forças Armadas e Forças de Segurança Nacionais”

Tendo em vista o desenvolvimento de um debate com o objectivo de promover a reflexão e a partilha de conhecimentos e de boas práticas, dando a conhecer o trabalho que tem sido desenvolvido pelas Forças Armadas e Forças de Segurança, em estreita articulação com as indústrias e empresas do sector, nomeadamente as PMEs, em prol da incorporação e harmonização dos preceitos da gestão ambiental com os princípios do próprio Conceito Estratégico da Defesa Nacional, no dia 28 de Setembro de 2010 realizou-se no Instituto de Estudos Superiores Militares (IESM) o Seminário “Protecção do Ambiente e Segurança – o caso paradigmático das Forças Armadas e Forças de Segurança Nacionais”.

O Seminário foi organizado conjuntamente pela Associação 5Elemento e pelo Centro de Estudos EuroDefense-Portugal, em parceria com o MDN/DGAIED, AIP-CE, EMPORDEF e DANOTEC. Do seu programa, que se desenrolou ao longo do dia, merecem referência:

  • Sessão de Abertura – presidida por S. Ex.ª a Ministra do Ambiente e do Ordenamento do Território, Eng.ª Dulce Álvaro Pássaro, contou ainda com a presença do General Valença Pinto, Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, Comendador Rocha de Matos, Presidente da Associação Industrial Portuguesa – Confederação Empresarial, Dr. António Figueiredo Lopes, Presidente da Direcção do Centro de Estudos EuroDefense-Portugal, Dr. António Jorge Rolo, Presidente do Conselho de Administração da EMPORDEF e do VAlm. Macieira Fragoso, Director do IESM.
  • Comunicação de Abertura – “Visão Estratégica Global sobre Ameaças e Segurança”

▪  Prof. Doutor Fernando Carvalho Rodrigues, Emerging Security Challenges Division, NATO HQ

  • Painel – “Política Ambiental da Defesa Nacional”

Subtema – “Boas práticas ambientais das Forças Armadas e Forças de Segurança”

Moderador – MGen. Manuel de Matos Chambel, Subdirector-Geral de Armamento e Infra-Estruturas de Defesa

Oradores:

▪  Dr.ª Ana Cristina Correia, Direcção-Geral de Armamento e Infra-Estruturas de Defesa

▪  TCor. António Luís Niza Pato, Comando da Logística do Exército

▪  Cap.Ten. José António Pereira Cavaco, Estado-Maior da Armada

▪  Ten. RHL Rita Silva, Estado-Maior da Força Aérea

▪  TCor. José Manuel Amaral Grisante, SPNA/GNR

▪  Subcomissário David Pereira, Comando Metropolitano de Lisboa da PSP

  • Painel – “Política Ambiental da Defesa Nacional”

Subtema – “Respostas tecnológicas e empresariais”

Moderador – Dr. António Jorge Rolo, Presidente do Conselho de Administração da EMPORDEF

Oradores:

a) “A resposta tecnológica aos desafios ambientais”

▪  Dr. Nuno Ribeiro da Silva, Presidente da Endesa Portugal

b) “As respostas empresariais”

“Projecto Clean Sky: desafios e perspectivas”

▪  Prof. Doutor Afzal Suleman, Instituto Superior Técnico

“Desmantelamento de equipamento militar pesado: desafios e perspectivas”

▪  Mr. Steve Taylor, NAMSA

“A indústria naval e a protecção do ambiente: desafios e perspectivas”

▪  Eng. Sérgio da Fonseca, Estaleiros Navais de Viana do Castelo

▪  Eng. Paulo Martins, Arsenal do Alfeite

“A indústria aeronáutica e a protecção do ambiente: desafios e perspectivas”

▪  MGen. Saúl Pascoal, OGMA

“A desmilitarização de equipamento militar e a protecção do ambiente: desafios e perspectivas”

▪  MGen. José Cordeiro, IDD

  • Conclusões

▪  Dr. Filipe Espinha, Associação 5Elemento

  • Sessão de Encerramento – com a presença e intervenção de S. Ex.ª o Secretário de Estado da Defesa Nacional e dos Assuntos do Mar, Dr. Marcos Perestrello de Vasconcellos

Das comunicações e dos debates que tiveram lugar durante o Seminário, sobressaíram as seguintes principais ideias-força:

–  A necessidade de aprofundar e alargar o debate transversal sobre a importância do nexo Protecção do Ambiente-Segurança Nacional;

–  A importância da divulgação alargada das boas práticas, conhecimentos e “know how” resultante do trabalho desenvolvido pelas Forças Armadas, pelas Forças de Segurança e pelas empresas e indústrias associadas ao sector, na implementação de sistemas de gestão ambiental;

–  O efeito multiplicador da disseminação a outros sectores económicos e sociais, do exemplo das Forças Armadas e das Forças de Segurança na adopção de práticas ecologicamente sustentáveis;

–  O reconhecimento de que, no âmbito do binómio ambiente/segurança, é possível e desejável a construção de um diálogo construtivo entre os diversos sectores, cujo papel é indispensável para responder aos desafios estratégicos de Portugal;

–  A necessidade de, no quadro interministerial, definir “UMA ESTRATÉGIA NACIONAL PARA A PROTECÇÃO DO AMBIENTE E SEGURANÇA”.

[ver conclusões do Seminário]

Organização
450_logos_protAmbSeg
Partilhar conteúdo:
LinkedIn
Share

Formulário Contato

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin